Atirador mata quatro pessoas em escola judaica na França

19/03/2012 09:36

Três vítimas eram alunos da escola e a quarta vítima foi um professor. O atirador estava em uma moto preta e fugiu.

Esta foi a terceira vez em uma semana que um homem em uma moto preta ataca na região.

Em dois incidentes anteriores três soldados, descendentes de africanos, foram mortos a tiros e um quarto está gravemente ferido.

Ainda não se sabe se os incidentes ocorreram por alguma motivação racial, mas o método foi o mesmo em todos eles.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o ministro do Interior francês, Claude Gueant, foram até o local do último tiroteio.