Governo do CE assume custos do traslado para o Brasil de corpo de cearense morta na China

02/01/2013 22:24

Atualizada às 17:35

A assessoria da Casa Civil do Governo do Ceará anunciou na tarde desta quarta-feira, 2, que vai pagar as despesas com o traslado para o Brasil do corpo da jovem Camila Bezerra, de 22 anos, encontrada morta na China, nesta terça-feira, 1º. As circunstâncias da morte ainda não foram esclarecidas.

Segundo a Casa Civil, não existe data definida para a chegada do corpo da jovem ao Estado, já que a liberação depende das autoridades chinesas. O Itamaraty, Ministério das Relações Exteriores, informou que os diplomatas brasileiros na China estão mobilizados e estão reunindo informações sobre o caso. O traslado do corpo da modelo irá custar em torno de 15 mil dólares.

Sem recursos para bancar o transporte do corpo da filha, a mãe da modelo, Goreth Bezerra, familiares e amigos se mobilizaram nas redes sociais pedindo ajuda para trazer o corpo da jovem ao Brasil.

Goreth disse que soube da morte da filha na manhã do dia 1º de janeiro, quando uma amiga de Camila avisou da tragédia. A modelo estava na China a trabalho desde agosto e já havia passado outras temporadas na Ásia.

Entenda o caso

Segundo relatos de amigos de Camila, ela foi encontrada morta na manhã do dia 1º de janeiro por uma das seis brasileiras com quem dividia apartamento, que teria encontrado o banheiro revirado ao acordar e visto o corpo da cearense. A modelo havia saído para festejar o Ano Novo na companhia do grupo com quem morava. Elas teriam retornado por volta das cinco da manhã.

 

 

Redação O POVO Online