Nelson Mandela passará o Natal no hospital

24/12/2012 17:43

Nairóbi, 24 dez (EFE).- O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, de 94 anos, passará o Natal no hospital, confirmaram nesta segunda-feira os médicos que lhe atendem no centro hospitalar de Pretória no qual se recupera da extração de um cálculo biliar.

A presidência da África do Sul informou hoje, em um breve comunicado, que os médicos acrescentaram que o ex-mandatário e Prêmio Nobel da Paz em 1993 continua 'respondendo ao tratamento'.

'Saber do carinho e apoio de sua gente o faz forte. Por isso, pedimos a todos os sul-africanos que tenham Tata ('pai', em língua xhosa) presente em seus pensamentos em cada lugar de culto ou de diversão amanhã, no dia do Natal, e durante todas as festas', solicitou o presidente da África do Sul, Jacob Zuma.

No texto divulgado pela presidência, Zuma também convidou 'a todos os amantes da liberdade de todo o mundo a que rezem por ele. É um grande lutador e se recuperará deste episódio com todo nosso apoio'.

Madiba (nome do clã de Mandela em língua xhosa e como é carinhosamente chamado no país) foi internado no último dia 8 para, segundo o Governo sul-africano, 'submeter-se a exames'.

Nos dias seguintes, o Executivo emitiu breves comunicados nos quais foi revelando primeiro que Mandela tinha sofrido uma recaída de uma infecção pulmonar prévia, da qual supostamente estava se recuperando, até que no dia 15 foi informado que tinha sido necessário intervir para extrair-lhe pedras da vesícula.

Mandela não passava tanto tempo em um hospital desde 2001, quando, com 83 anos, permaneceu sete semanas internado por uma radioterapia depois que foi diagnosticado com um câncer de próstata.

Nelson Mandela, primeiro presidente negro da África do Sul, lutou durante 67 anos contra o regime de segregação racial do apartheid, imposto pela minoria branca sul-africana até sua eleição como governante, em 1994.

No último dia 18 de julho, o ex-mandatário celebrou seu 94º aniversário na cidade oriental de Qunu, onde passou sua infância.

É a terceira vez que Mandela é hospitalizado nos últimos dois anos, embora se encontre sob permanente vigilância médica em sua residência.

Sua última aparição em público foi no encerramento da Copa do Mundo da África do Sul, em julho de 2010.

Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados