Vila 4 x 1 Londrina - Tigrão passeia no Serra Dourada e é bicampeão da Série C!

21/11/2015 22:53

Goiânia, GO, 21 (AFI) - Neste sábado, mais de 40 mil torcedores fizeram a festa no Serra Dourada, ao ver o Vila Nova bater o Londrina por 3 a 1. O jogo, válido pela rodada de volta da final da Série C do Campeonato Brasileiro, deu ao time goiano o título da terceira divisão nacional. Essa é a segunda vez que o time é campeão da competição. A primeira vez foi em 1996, e agora junto com o Atlético-GO, o Tigrão é um dos dois únicos bicampeões da competição.

Na primeira partida, no Paraná, a equipe londrinense venceu por 1 a 0 e entrou em campo com a vantagem do empate. O Vila precisava vencer por dois gol de diferença e fez a lição de casa, com mais um tento "de brinde". O técnico Márcio Fernandes abandonou a formação com três zagueiros que vinha utilizando e viu a entrada de Zotti no meio de campo ser decisiva para a conquista.

Em um jogo cheio de emoções, o Tigrão foi embalado pela torcida colorada em uma missão que parecia quase impossível, quando o Tubarão abriu o placar logo aos quatro minutos de jogos. Mas tudo conspirou para o Vila se campeão. Antes do jogo completar onze minutos, os donos da casa conseguiram a virada. Na segunda etapa, liquidaram os paraense com um gol para abrir e um para fechar de vez o resultado. Ainda deu tempo de quatro jogadores serem expulsos e da torcida ameaçar uma invasão ao campo para comemorar, depois de tomarem a geral do estádio.

PASSEIO NO SERRA DOURADA

A partida começou em alta velocidade. Mesmo com a vantagem por ter vencido o primeiro jogo, o Londrina fez o prometido pelo técnico Cláudio Tencati durante a semana e foi para cima do Vila Nova. Ainda aos quatro minutos do primeiro tempo, Bruno Batata abriu o placar para o time da casa.

O Vila não quis fazer feio diante de sua torcida e conseguiu a virada em menos de dez minutos. Primeiro, Ramires recebeu de Moisés e marcou o gol de empate, aos seis minutos.Pouco tempo depois, aos dez, Moisés aproveitou lançamento de Robston, matou no peito e encheu o pé para virar o jogo, incendiando o Serra Dourada.

No intervalo, a torcida do Tigrão continuou cantando e na volta ao gramado, o time voltou ainda mais embalado. A equipe da casa colocou uma pressão gigante na defesa londrinense e teve três chances claras nos primeiros minutos da segunda etapa. Na quarta oportunidade, o Vila não perdoou. Aos sete minutos, Frontini dominou bonito dentro da área e ajeitou para Zotti bater para o fundo do gol.

O Londrina teve a chance de diminuir e trazer o título para o Paraná, mas um foguete de Netinho parou no travessão do goleiro Edson. Nos últimos minutos dos sete de acréscimo, o goleiro Vitor, do Tubarão foi à área colorada para tentar seu o improvável herói da partida, mas a estratégia não deu muito certo. O Vila pegou o contra-ataque e Moisés bateu para o gol vazio, para marcar o quarto e declarar a goleada.

O jogador se exaltou na comemoração, tirou a camisa e foi expulso, assim como Bruno Batata, Rhuan e Patrick, que tinha também deixaram o gramado, mas pelo Londrina. Confusões a parte, o resultado já estava selado e o Serra Dourada veio literalmente abaixo, com parte da torcida tentando invadir o gramado para comemorar com os Campeões da Série C de 2016.

Fonte: Futebol Interior