´Saidinha´ acaba em tiros e feridos

´Saidinha´ acaba em tiros e feridos

Uma tentativa de assalto, do tipo ´saidinha´ bancária, foi interrompida por um desconhecido, que fugiu depois do fato, na Avenida Pontes Vieira, no bairro Dionísio Torres. Os bandidos que pretendiam roubar uma mulher acabaram sendo baleados por uma pessoa que passava na avenida e percebeu a ação.


Um dos assaltantes, identificado como Alexandre Sabino Nunes do Rego, 35, foi baleado e levado para o IJF pelo Samu. O comparsa conseguiu fugir FOTO: KIKO SILVA

Segundo informações da Polícia, a cliente do banco estava entrando em seu carro, depois de sair da agência da Caixa Econômica Federal (CEF), onde realizou uma transação bancária, quando foi abordada. Os assaltantes deram ordem para ela parar e não foram atendidos. Os criminosos atiraram contra a Pajero TRS que ela dirigia, mas o carro é blindado.

Uma pessoa que passava no local e observou a tentativa de assalto, disparou contra os dois bandidos. Houve tiroteio no local e os dois ladrões acabaram feridos. Um deles, mesmo baleado, correu em direção à comunidade do Pau Pelado e está sendo procurado por equipes da PM.

Tiroteio

O outro assaltante foi atingido nas costas e tombou na calçada da CEF. Alexandre Sabino Nunes do Rego, 35, portava um revólver calibre 38, municiado com cinco projéteis, três deles intactos. Populares tomaram a arma do bandido, enquanto a Polícia não chegava.

A viatura RD-1138, do Ronda do Quarteirão, que estava nas proximidades, foi até o local da ocorrência. Os soldados Pereira Neto e Erlon Figueiredo, que faziam parte da composição da viatura, encontraram e apreenderam a motocicleta que a dupla de assaltantes usava. A Honda Titan, de cor roxa, inscrita com as placas OCB-2482, foi conduzida ao 4ºDP (Pio XII), onde o inquérito que irá apurar o crime será instaurado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para que prestasse socorro ao ferido. O assaltante foi levado ao Instituto Doutor José Frota (IJF) e, até o fechamento desta edição, permanecia no hospital, em estado grave.