147 estabelecimentos de lazer apresentam irregularidades, divulga Prefeitura

147 estabelecimentos de lazer apresentam irregularidades, divulga Prefeitura

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) divulgou na tarde desta terça-feira, 19, o relatório da operação Fortaleza: Ambiente seguro; diversão garantida. A operação iniciou no dia 28 de janeiro e finalizou no último dia 8 de fevereiro, com o intuito de fazer uma fiscalização intensiva de boates, casa de shows e buffets da cidade de Fortaleza.

Com base no relatório, 147 equipamentos (entre casas de show, restaurantes, boates e buffets) espalhados em seis regionais de Fortaleza, mais a Regional do Centro, apresentaram algum tipo de irregularidade.

Durante a vistoria, os agentes fiscais exigiram a apresentação de documentos comprobatórios de regularidade, como alvará de funcionamento, registro sanitário, licença ambiental, autorização para Uso de Equipamento Sonoro e Certificado de Conformidade dos Bombeiros.

A operação teve início após a tragédia na cidade de Santa Maria, RS, onde 245 pessoas morreram e 124 ficaram feridas após incêndio provocado por uso de sinalizador em uma boate fechada.

Segundo a Seuma, os estabelecimentos possuem um prazo para se apresentarem regulares. Alguns destes, inclusive, já devem estar em processo de regularização nas regionais, Seuma e Corpo de Bombeiros.

A operação esclarece também que estes não são todos os empreendimentos destinados ao lazer e entretenimento de Fortaleza e, ao longo do ano, os demais deverão receber a fiscalização necessária.

A fiscalização foi realizada nas seis regionais da Capital e envolveu também o Corpo de Bombeiros, a Secretaria de Finanças, a Seuma e a Secretaria Municipal de Segurança Cidadã.

 

Redação O POVO Online