"Candidato a prefeito pode ser do PMDB"

O senador Eunício Oliveira, presidente estadual do PMDB, defendeu nesta sábado (12) a manutenção da aliança que apoia o governador Cid Gomes na disputa pela Prefeitura de Fortaleza no ano que vem e acrescentou: poderá ser do PMDB o nome escolhido pela aliança governista para a sucessão de Luizianne Lins.

Eunício recomenda calma aos correligionários que pedem rapidez na decisão da candidatura. Ele recorda que lutou por quatro anos pela sua candidatura ao Senado. “Para quem estiver angustiado receito uma boa dose de calma, porque há muito tempo para discutir o assunto e ter uma boa solução”, falou Eunício ao jornal O Estado. “O PMDB não vai se furtar a conversar com todos os partidos da coligação para, ao final, tomar uma posição dentro do prazo normal de lançamento das candidaturas”.

Na quarta-feira, o deputado estadual Carlomano Marques, vice-líder do governo Cid Gomes na Assembleia, voltou a defender a candidatura própria do PMDB em Fortaleza e apontou como opções para esta missão os nomes de Eunício, do deputado federal Danilo Forte e de Aloísio Carvalho, candidato a prefeito pelo PMDB em 2004.

A esse respeito, Eunício diz ficar grato pelo reconhecimento e incentivo, mas assegura que não tem projeto de eleger-se prefeito da capital. “Eu sou candidato a fazer um bom mandato de senador da República e com o pensamento voltado para continuar fazendo um bom trabalho na Comissão de Constituição e Justiça”.

Ainda com relação às eleições do ano que vem, o senador informa que vai promover um encontro do PMDB em Fortaleza até o final do ano com as lideranças do Partido para tomar uma posição sobre a sucessão de Luizianne Lins no momento oportuno.

SEM COMPROMISSO COM CID
Segundo Carlomano Marques, “o eleitorado fortalezense sabe, e lembra muito bem, que a capital só teve crescimento quando administrada pelo PMDB”. Há cerca de um mês, em pronunciamento na Assembleia, ele declarou que “o PMDB tem a vice-governadoria [com Domingos Filho], mas não temos nenhum compromisso com o governador Cid Gomes de acompanhá-lo na eleição de 2012, nem ele tem a obrigação de nos acompanhar”. (informações de Tarcísio Colares)

Tópico: "Candidato a prefeito pode ser do PMDB"

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário