Consumidores que deixaram ovos de Páscoa para última hora encontraram lojas cheias e preços mais baixos

Consumidores que deixaram ovos de Páscoa para última hora encontraram lojas cheias e preços mais baixos

Luciene Cruz
Repórter da Agência Brasil

 

Brasília – Quem deixou para comprar os ovos de Páscoa na última hora encontrou lojas cheias e prateleiras quase vazias. No entanto, a demora nas filas é compensada no momento de passar as compras no caixa, já que os preços ficaram mais atrativos. Segundo a gerente de uma loja especializada em doces, Ida Isídio, o preço dos produtos de chocolate caiu cerca de 25% nos últimos dias.

“Reduzimos os preços três vezes, em três dias. Abaixamos os preços de todas as marcas e de todos os tamanhos. Está tudo mais barato para acabarmos com o estoque”, comentou.

Para o gerente comercial Anderson Pires, a correria no trabalho o obrigou a deixar as compras para a véspera da comemoração de Páscoa. Mesmo com a loja cheia, ele ficou feliz ao ver os cartazes de desconto na loja. “Não tive tempo durante a semana, mas esses cartazes de promoção me agradaram bastante”, disse.

Pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) aponta que os ovos de Páscoa estão em média 8,96% mais caros em todo o país em 2012, em comparação ao ano passado. No entanto, nem os valores mais salgados inibem a tradição da troca das guloseimas de chocolate.

É o caso do contador Antônio José Benício que saía da loja com a sacola cheia. “Senti a diferença de preços do ano passado para esse, mas não tem como deixar a meninada sem chocolate. Comprei para todos e mais um pouquinho. Com certeza vale a pena gastar com os ovos de chocolate”, disse.

 

 

Edição: Lílian Beraldo