Luiz Felipe Scolari não é mais o treinador da seleção brasileira, diz TV

Luiz Felipe Scolari não é mais o treinador da seleção brasileira, diz TV

Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico da seleção brasileira, de acordo com informações da TV Globo. As derrotas para Alemanha e Holanda encerram o ciclo do treinador no comando da equipe nacional. Scolari assumiu a seleção no fim de 2012 e, no ano passado, conquistou o título da Copa das Confederações. O desempenho na reta final da Copa do Mundo, contudo, foi decisivo para a saída de Luiz Felipe Scolari.

Segundo a TV Globo, a Confederação Brasileira de Futebol oficializará nesta segunda-feira a saída do treinador, que passou o domingo com a família, e de toda a comissão técnica. O preparador de goleiros Carlos Pracidelli diz desconhecer a informação.

De acordo com o staff do técnico, a posição de Scolari segue a mesma da relatada na entrevista coletiva pós-derrota para a Holanda: cargo entregue à direção da CBF e futuro decidido após a entrega dos relatórios sobre a participação brasileira na Copa. Futuro que não será mais na seleção.

Depois de atuações irregulares na Copa do Mundo, Felipão sucumbiu nos dois jogos finais. Na semi, sem Neymar e Thiago Silva, apostou em um inexperiente Bernard e comandou a pior derrota da história da seleção pentacampeã mundial. O 7 a 1 para a Alemanha, em pleno Mineirão, já tornou a situação de Scolari praticamente insustentável.

O vexame para o campeão mundial, entretanto, não foi o único. No melancólico jogo pelo terceiro lugar, a seleção brasileira viu-se novamente dominada por um grande adversário. Com tranquilidade, a Holanda fez 3 a 0 em Brasília e findou a Copa do Mundo de uma maneira extremamente negativa para o Brasil.

O fim lamentável da participação verde-amarela no torneio, contudo, não significou automaticamente a saída de Scolari. O futuro presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, tinha admitido a intenção de manter o treinador do pentacampeonato - pelo menos para o segundo semestre.

FONTE: ESPN