Rodolfo admite vício em cocaína e será internado para reabilitação

Rodolfo admite vício em cocaína e será internado para reabilitação

Pego no antidoping por uso de cocaína, após a derrota do Atlético-PR por 2 a 0 para o CRB, no dia 9 de junho, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o goleiro Rodolfo admitiu ser dependente químico. O jogador de 21 anos pediu ajuda ao Furacão e será internado em uma clínica de reabilitação. Durante três minutos, na tarde desta quinta-feira, ele falou sobre as drogas, o suporte do clube e a importância dos filhos.

Aparentando tranquilidade antes, Rodolfo ficou sério durante o discurso. E, ao falar sobre os dois filhos, o jogador ficou bastante emocionado e, com lágrimas nos olhos, interrompeu a entrevista e deixou a sala de imprensa.

- Eu pedi ajuda ao Atlético porque sou um dependente químico já faz um tempo. Pedi ajuda porque estava precisando. O Atlético está me ajudando bastante, com o Moro (advogado), os psicólogos... Vou dar o máximo para sair desta situação. Vou passar um tempo num lugar para me recuperar e, se Deus quiser, vai dar certo (pausa). A recuperação, para mim, será muito importante, porque tenho dois filhos e, nas conversas com os psicólogos, eu falava bastante deles. A recuperação vai ser pensando neles.