Tarifas da Oi vão baixar após fusão com Portugal Telecom, garante CEO

Tarifas da Oi vão baixar após fusão com Portugal Telecom, garante CEO

RIO - O CEO da Oi e da Portugal Telecom, Zeinal Bava, prometeu nesta quarta-feira, 2, que a redução de custos previstas com a fusão das empresas implicará tarifas mais baixas para os consumidores.

"Queremos melhorar os custos unitários dos serviços", disse. "Se seremos campeões de custos, vamos repassar aos clientes."

 

As duas empresas anunciaram fusão, que prevê aumento de capital de pelo menos R$ 7 bilhões na operadora brasileira.

 

De acordo com Bava, uma parte dos novos ganhos advindos da negociação será repassada também aos acionistas.

 

A união das empresas, afirmou o executivo, poderá colocar a nova companhia a ser formada entre as 20 maiores do mundo.

 

Melhorias em produtividade e a eficiência resultarão em preços e ofertas mais atrativos ao consumidor, garantiu.

 

Demissões. Nenhum trabalhador será dispensado, garantiu também Bava. Pelo contrário, segundo ele. Bava disse que há possibilidades de mais contratações.

 

 

 

"Estamos falando de uma sinergia entre duas empresas que operam entre duas regiões diferentes" disse. "A nossa sinergia tem muito a ver com melhores práticas e isso não trará um reflexo significativo."

 

Em Portugal, no entanto, antes da fusão, a empresa anunciou cortes de 400 funcionários até o final do ano. Essas, serão mantidas. Mas, diz Bava, a fusão criará novas vagas mo país.