Vendas on-line crescem 7% no mundo

Vendas on-line crescem 7% no mundo

As vendas on-line de música em todo o planeta cresceram 7% em 2011, enquanto a venda de CDs segue caindo, segundo um estudo realizado pela Gartner, empresa norte-americana especializada em pesquisas na área digital. A informação foi publicada nesta semana pelo site da revista espanhola Clave.

A Gartner prevê que até 2015 as compras on-line de música cheguem a marca de 7,7 milhões de dólares por ano (contra os 5,9 milhões alcançados em 2010). Neste mesmo período de quatro anos, a previsão é que o gasto entre os consumidores de CDs caia de 15 milhões de dólares para apenas 10 milhões por ano.

Segundo o analista da empresa, Mark McGuire, a indústria da música foi o primeiro setor da mídia a sentir o impacto maior de duas grandes forças: a internet e a tecnologia: “O mercado esteve cambaleante durante a primeira década deste século e entrou na segunda em mau estado financeiro, tendo que enfrentar um poderoso ecossistema global, sem fronteiras, que desafia totalmente as noções anteriores desta indústria”.

Em contrapartida, McGuire observa que a comodidade de realizar compras legais em portais como o iTunes tem incentivado cada vez mais os consumidores a pagar pela música. Além disso, uma série de serviços de assinatura de música por streaming, casos de Spotify, Lastfm.com e Pandora, estão ganhando popularidade na rede. Fatos que, segundo o estudo da Gartner, contribuirão para o aumento do faturamento on-line de gravadoras e artistas até 2015.

Tópico: Vendas on-line crescem 7% no mundo

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário