Vibração na decisão

Vibração na decisão

O título Estadual segue como realidade para apenas quatro clubes cearenses, que começam a disputar hoje os confrontos das semifinais do torneio. Na Capital, o Ceará enfrenta o Tiradentes, no estádio Presidente Vargas, às 16h. No mesmo horário, só que em Horizonte, o time da casa recebe o Fortaleza.

 

Para esquentar o debate para os jogos de logo mais, O POVO reuniu um torcedor de cada um dos semifinalistas para um papo no PV, local de pelo menos um dos jogos da final do Estadual. Cada um esbanja confiança no seu time e diz que não vê a hora de a bola rolar.


“Tô tensa, mas confiante de que dá para fazer um bom resultado no Domingão e segurar no PV”, relevou Bia Nogueira, torcedora fervorosa do Horizonte. O tricolor Pedro Brasil aposta na fase do time. “O Fortaleza cresceu de produção e retomou o volume de jogo na hora certa” , diz ele, que é estudante de Direito.


Seguidor fiel do Tiradentes, Patrício Trajano minimiza o fato de o Tigre da PM não vencer o Ceará há mais de 10 anos. “Não temos nada a perder”, resumiu, ressaltando que a equipe tem um ataque ‘perigoso’ com Reginaldo Júnior e Ribinha.


Já o alvinegro Ricardo Júlio prega respeito ao adversário. “Não existe jogo ganho. Com humildade vamos fazer a nossa parte e chegar à final”, diz o torcedor do Ceará.


No duelo entre o Alvinegro e o Tigre da PM, o Ceará tem clara vantagem. Além de jogar por dois resultados iguais (dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols) o time do técnico PC Gusmão terá ampla torcida nas duas partidas.


No confronto entre Horizonte e Fortaleza quem larga com vantagem é o Tricolor, mas com um diferencial: o time, que decide a vaga em casa, pode até avançar com dois resultados iguais - por ter tido melhor campanha até aqui -, desde que não tenha sofrido mais gols como mandante do que marcado como visitante.

 

REUNIÃO NO PV


O POVO decidiu reunir os torcedores no local que recebeu mais jogos pelo Campeonato Cearense e provável palco da final do Estadual


VAGA GARANTIDA

 

Antecedência

Na penúltima rodada da fase classificatória, Ceará, Fortaleza, Horizonte e Tiradentes já haviam garantido a vaga nas semifinais

 

TÍTULO CEARENSE

 

Horizonte

Apenas o Horizonte, entre os classificados, ainda não conquistou um título cearense

 

NADA DE FAVORITO

 

Torcedores

Apesar da ótima campanha de Ceará e Fortaleza, seus torcedores pregam cautela na hora de encarar os coadjuvantes desta fase

 

TIRADENTES


Torcedor: Patrício Trajano

Atividade: assistente administrativo

Jogador que pode fazer a diferença na semifinal: Reginaldo Júnior

Frase: “Temos um time com ataque perigoso e respeitável”

Posição na 1ª fase: 4º lugar

Jogos: 22

Vitórias: 11

Empates: 5

Derrotas: 6

Saldo de gols: mais 36


CEARÁ

Torcedor: Ricardo Júlio

Atividade: promotor de eventos

Jogador que pode fazer a diferença na semifinal: Rogerinho

Frase: “O importante é chegar na final e ser campeão”

Posição na 1ª fase: 1º lugar

Jogos: 22

Vitórias: 17

Empates: 3

Derrotas: 2

Saldo de gols: mais 35

 

FORTALEZA

Torcedor: Pedro Brasil

Atividade: estudante de Direito

Jogador que pode fazer a diferença na semifinal: Cléo

Frase: “Acredito que será um confronto decidido nos detalhes”

Posição na 1ª fase: 2º lugar

Jogos: 22

Vitórias: 16

Empates: 4

Derrotas: 2

Saldo de gols: mais 23


HORIZONTE

Torcedora: Bia Nogueira

Atividade: jornalista

Jogador que pode fazer a diferença na semifinal: Vanger

Frase: “Retrospectiva contra o Fortaleza não é boa, mas acredito no time”

Posição na 1ª fase: 3º lugar

Jogos: 22

Vitórias: 14

Empates: 2

Derrotas: 6

Saldo de gols: mais 20