Vocalista do Monkees morre nos EUA aos 66 anos

Vocalista do Monkees morre nos EUA aos 66 anos

Davy Jones, o vocalista e líder britânico da banda The Monkees, morreu na manhã desta quarta-feira, 29, após um ataque cardíaco. Sua agente, Helen Kensick, disse que o cantor de 66 anos morreu em Indiantown, na Flórida, onde vivia.

Jones ganhou fama em 1965 quando entrou para a o grupo The Monkees, popular grupo britânico de rock formado pela emissora de televisão norte-americana NBC, com intenção de rivalizar com os Beatles. O grupo lançou hits como "Daydream Believer", "Last Train to Clarksville" e "I'm a Believer".

Jones nasceu em 30 de dezembro de 1945 em Manchester, Inglaterra. Entre 1966 e 1968, ele e os outros integrantes da banda, Micky Dolenz, Michael Nesmith e Peter Tork atuaram na série que levava o nome, além de gravarem o filme "Os Monkees Estão Soltos", mas após o final da série continuaram a gravar discos e a fazer show.

Segundo informações do site dos Monkees, o Monkees.com, Davy ele deixou a banda no final do ano de 1970. Em meados dos anos 1980, Jones se reuniu com seus ex-companheiros de banda Peter Tork e Micky Dolenz para uma turnê do grupo. A popularidade da banda fez com que a MTV colocasse no ar novamente a série The Monkees series, apresentando o grupo para um novo público.

Em 1987, Jones, Tork e Micky Dolenz gravaram um novo disco, "Pool It". Dois anos mais tarde, o grupo recebeu uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood. As informações são da Associated Press.