Vovô perde a quarta consecutiva

Vovô perde a quarta consecutiva

Até parece que o time alvinegro desaprendeu de jogar. Depois que o Ceará ficou sem chances de subir para a 1ª Divisão do Brasileiro no próximo ano, o Vovô só sabe o que é perder na Série B. Ontem, o time do técnico Paulo César Gusmão sofreu a quarta derrota consecutiva na competição. Jogando em Varginha (MG), o Alvinegro não conseguiu passar pelo Boa Esporte, que ganhou a partida de 1 a 0.

 

Diante do resultado de ontem, o Ceará manteve os 45 pontos e a 10ª colocação na tabela. Já o Boa Esporte foi a 41 pontos e ocupa a 12ª posição na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Vovô jogará no estádio Presidente Vargas contra o Avaí, de Santa Catarina, no dia 2 de novembro.


O jogo começou morno, sem muitas opções de ataque para o Boa Esporte e nem para o Ceará. Até os 30 minutos, as melhores chances criadas pelo Alvinegro aconteceram com Márcio Careca e Eusébio. Nos dois lances, os atletas do Ceará finalizaram com chute forte, que foram defendidos pelo goleiro Wilson Júnior, do Boa Esporte.


A equipe mineira também chegou com perigo através do atacante Siloé, que dominou na área e tentou o chute cruzado. O goleiro do Vovô, Dionantan, apenas acompanhou a finalização.


Aos 38 minutos, os donos da casa conseguiram uma jogada em velocidade pela direita. A bola foi lançada por Siloé para Everton, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro Dionantan. O Boa Esporte estava na frente do marcador em Varginha.

 

Busca da reação


No 2º tempo, o técnico Paulo César Gusmão tentou dar mais ofensividade ao Ceará. Ele promoveu as entradas de Magno Alves e Misael para dar mais força ao ataque. Na etapa inicial, Itamar não produziu o esperado ao lado de Mota.


Nos primeiros minutos do 2º tempo, o Vovô mostrou mais inciativa na busca pelo empate no jogo. O Boa Esporte se manteve no seu campo e buscava mais o contra-ataque.


Com mais volume de jogo, bem que o Ceará tentou pelo menos empatar. Mas o ataque voltou a pecar nas finalizações. Ao Boa Esporte restou apenas sustentar o jogo na defesa para sair de campo com os três pontos conquistados.

 

SÉRIE B 2012


BOA ESPORTE - 1

TÉCNICO: SIDNEY MORAES


BOA: 4-4-2

WILSON JÚNIOR, TONINHO, NEILSON, NEYLOR, RADAR, EVERTON, OLÍVIO, FRACISMAR, RADAMÉS, M. MACEDO

(FERNANDO) (VaNger), SILOÉ (RUAN)

 

CEARÁ - 0

TÉCNICO: PC GUSMÃO


CEA: 4-4-2

DIONANTAN, PAULO SÉRGIO (THIAGUINHO), JUCA, D. MARQUES

M. CARECA, VITOR HUGO, HELENO, EUSÉBIO, MOTA, ITAMAR

(M. ALVES), MAGNO(MISAEL)

 

Local: Estádio Melão, em Varginha (MG)

Data: 26/10/2012

Árbitro: Vinicius Furlan/SP


Assistentes: Herman Brumel Vani/SP e Daniel Paulo Ziolli/SP
Cartões amarelos: Itamar (C), Mota (C)

Cartão vermelho: Ruan (B)


Gol: Everton, aos 38min do 1º tempo